Google tag manager Workspaces - Como funciona?

Como muitos perceberam o google tag manager mudou e entrou de vez “Enterprise game”. Se você acompanha a comunidade, ou o fórum do google tag manager deve ter percebido a quantidade pedidos por um google tag manager mais multi-user e multi-time. Bem o Google deu um salto gigantesco para aliviar estas preocupações, com o lançamento do seu mais recente recurso: WORKSPACES.

Bem mais não foi só essa funcionalidade que foi implementada, o time do GTM aproveitou para dar uma boa recapitulada no layout, mudando o processo de criação de variáveis e acionadores. Iremos ver no próximo post um pouco das mudanças que tiveram no layout fiquem calmos :D

O que são Workspaces?

WORKSPACES, para ajudar você entender o que está em volta dessa nova funcionalidade, vamos voltar um pouco para a versão anterior do google tag manager onde nós tínhamos os containers. Pois bem, o antigo container nada mais era a imposição de se trabalhar apenas com um workspace.

Ou seja, todos os usuários dentro do mesmo container, atualizando, editando e excluindo TAGS, acionadores e variáveis. Tendo uma equipe pequena é muito fácil de se controlar, mas acredite se existe a possibilidade de dar merda vai dar merda e o que o workspace nos traz de melhor? ORGANIZAÇÃO!

Com os WORKSPACES podemos trabalhar com múltiplos rascunhos sem afetar a versão de produção, para quem está familiarizado com o GIT, ou qualquer outro sistema de versionamento o workspace é como uma nova branch. Tendo um rascunho separado, uma versão de debug e tags separadas da versão de produção.

Dá uma olhada nesse excelente exemplo que o Simo Ahava fez e a gente traduziu:

workspace-process.png

  1. O container versão 1 (CV1) tem 2 Workspaces criados fora dele: WS1 e WS2. Ambos estão sendo trabalhados simultaneamente;
  2. WS2 é publicado, logo seu conteúdo se torna o novo Container versão 2 (CV2);
  3. O WS1 foi baseado no CV1 correto? Só que agora o novo container foi substituído pelo CV2, WS1 recebe uma notificação de que a mais recente versão do contêiner mudou e uma sincronização é necessária. WS1 é atualizado e não tendo conflitos ele segue normalmente a sincronização. Em seguida, o WS1 é publicado e passa a ser um novo Container versão 3 (CV3);
  4. WS2 foi baseada em CV2, que foi substituída por CV3, WS2 recebe a notificação de que ele precisa ser sincronizado com uma versão do contêiner mais recente. Então, WS2 é sincronizado, se não houver conflitos WS2 é publicada no novo Container versão 4 (CV4);
  5. Um novo espaço de trabalho é criado ( WS3 ), CV4 é a mais recente versão do contêiner, o workspace e CV4 têm conteúdo idêntico. Se nenhum novo trabalho ter sido feito para WS2 neste momento, todos os três ( WS2 , WS3 e CV4 ) são idênticos.

Viu, nada mais é que um sistema de versionamento de tags bem semelhantes ao que temos no GIT :)

BONUS - Gerenciando workspaces (Criar, salvar, deletar)

Criar um workspace é fácil. Vá até visão geral no seu container e clique em uma das 3 opções.

como-criar-workspace.jpg

Se você clicar em uma das três opções você entrará na tela de gerenciamento de worspace, ou gerenciar espaços de trabalho. Para criar um novo workspace é só clicar no icone + no canto superior direito.

como-criar-workspace-2.jpg

Percebeu um alerta no canto inferior direito? Então minha gente, como eu havia falado o GTM entrou de vez no Enterprise game e com isso a versão free limita a criação de workspaces para 3 apenas. Mas vamos voltar ao nosso workspace.

Posso sair criando qualquer nome para meus workspaces?

Pode, mas será que vai ser escalável? Não né, por padrão estou copiando uma convenção que vi na internet esses dias para a criação dos workspaces deixando eles da seguinte forma:

Número da versão na qual ele foi criado - Funcionalidade implementada - Time/Agencia responsável

como-criar-workspace-3.jpg

LEMBRE-SE: Um boa opção é criar descrições para os workspaces, quanto mais informação melhor.

Depois de adicionar o nome do seu worspace clique em salvar no canto superior direito. Logo após a criação do seu workspace você é automaticamente transferido para trabalhar em cima do mesmo, lembrando que o novo workspace foi criado em cima da última versão do container e não no rascunho do workspace anterior.

Para deletar um workspace, voce precisa abrir o gerenciamento de workspace e clicar no botão de informação no item que você quer excluir.

como-criar-workspace-4.jpg

Na tela que abriu você pode alterar as informações do seu workspace (nome, descrição), no canto superior direito tem um botão ao lado do botão salvar, ao clicar nele aparecerá a opção Excluir.

como-criar-workspace-5.jpg

Conclusão

O workspace traz o google tag manager de vez para o jogo das ferramentas de marketing, atendendo os seus usuários os workspaces deixam além de mais organizado, mais escalável o trabalho multi-usuário e multi-time/agencia. Esse não vai ser nem o primeiro nem o ultimo post falando sobre essa nova funcionalidade, sempre que puder vamos trazer padrões e conceitos do uso dessa ferramenta que a gente ama <3 Até a próxima.

Dúvidas? Comentários? Sugestões?

Mande um e-mail para gente contato@metricasboss.com.br, até a próxima :D


Métricas Boss: © 2021 - Versão 4.0Web Analytics é mais que um gráfico bonitinho!