Afinal, você sabe o que é UX Analytics?

Fala aí Analítica e Analítico de plantão, beleza?

Você sabe o que é UX Analytics? E para que serve?

Essa sigla vem de User experience, que nada mais é que a experiência do usuário e a forma que analisamos a interação do usuário com algum dispositivo.

É um apanhado de indicadores, medições, e respostas subjetivas de dados coletados sobre a UX, assim como pesquisas diretas e indiretas sobre sua performance em situações reais de interação.

**E a análise de dados? ** É composta de dados que são analisados ​​para conclusões lógicas, e contém informações sobre os usuários de seu aplicativo ou site, e com esses dados, podemos tirar análises lógicas lógicas sobre quem são seus usuários e o que estão procurando.

Table of content

Qual é a importância de UX Analytics?

O online e o offline estão conectados, então não podemos negar que através do UX conseguimos analisar como esse usuário está interagindo com nosso site ou aplicativo, sendo assim, através de UX Analytics podemos encontrar esses gaps e entendermos as dores e necessidades do consumidor, tornando a experiência cada vez mais encantadora.

A área de dados auxilia a conversão da experiência do usuário, uma forma de pegar algo abstrato, que seria o sentimento do consumidor e tangibilizar, fornecendo indícios que conseguimos converter em métricas.

O designer orientado a dados, deve ser utilizado regularmente, para entender seu usuário e assim, fornecer uma melhor experiência. Entender o que a métrica quer dizer e quando é calculada é essencial, qual funcionalidade e qual impacto isso vai causar.

Qual ferramenta podemos usar para essa análise?

Separamos três ferramentas para ilustrar essas análises, porém existem diversas possibilidades de análises desses dados.

  1. O Google Analytics é uma ferramenta que podemos utilizar para acompanhar o comportamento do usuário no seu site, como acessos em páginas, toda a trajetória do consumidor.
  2. A Hotjar é uma das ferramentas mais completas para entender o que os usuários querem, se preocupam e interagem no seu site, representando seus cliques, toques e comportamento de rolagem. Você tem insights para melhorar o que está funcionando, consertar o que não está e testar novas idéias. Suas principais funcionalidades são; gravar as interações dos usuários no site, apresentar o funil de conversão, analisar formulários e realizar pesquisas em tempo real.
  3. O Google Optimize permite que você configure o teste de site em questões de minutos, permitindo alternar entre diferentes dispositivos e tamanhos de tela, garantindo que o site tenha a melhor aparência possível para qualquer dispositivo.

Além de ser possível comparar o desempenho das variantes ao original, definindo objetivos como vendas, cliques ou exibições de páginas, o Teste A/B consiste em testar com duas opções em uma página, botão ou interação. Além de ser possível comparar o desempenho das variantes ao original, definindo objetivos como vendas, cliques ou exibições de páginas.

No nosso último podcast, falamos sobre o UX Analytics com as duas feras de UX, Nina Talks e Bernard de Luna .

Para a Nina, UX Analytics consiste em trazer essa visão do que faz sentido para as pessoas, permitindo uma ponte entre os usuários e o produto que estamos querendo comunicar, unindo essas expertises podemos olhar para os usuários e possibilitar a visão do que podemos entregar de valor.

Para Bernard, a experiência começa quando você trabalha a percepção de valor e experiência, que seria a forma de reter o consumidor de alguma forma. Quando você começa a olhar não só a função, mas sim, como essa pessoa recebe essa proposta de valor emocional daquilo que ela está adquirindo.

Quer saber mais sobre UX Analytics e como realizar essa análise? Confira o episódio completo no nosso canal Analytics Talks.

10 AULAS GRATUITAS SOBRE WEB ANALYTICS
Comece a aprender hoje mesmo! 100% online e sem custo!

Métricas Boss: © 2021 - Versão 4.0 - Web Analytics é mais que um gráfico bonitinho!