A nova era dos dados

Acredito muito que estamos tendo uma virada de chave importante no universo dos dados. O tema “tecnologia” nunca foi tão falado dentro dos principais publishers como agora, e isso tem uma razão, o mercado de mídia está mudando, e finalmente se tornando um mercado de tecnologia.

O perfil dos profissionais de digital vem mudando, e cada vez mais as pessoas precisam entender de tecnologia. Dito isto, quero trazer um pouco sobre 2 eventos que fui recentemente, um no Brasil e outro na nova sede do Google, em Palo Alto, na Califórnia.

No Brasil tive a oportunidade de ir ao Think With Google 2022, foi o primeiro evento presencial do Google no Brasil após retomada da pandemia, e basicamente falaram de 3 temas: Esperança, Resolução de conflitos e Segurança de dados+API. Convenhamos que esperança e resolução de conflitos são temas bem propícios para o momento, mas fechar com essa chave de ouro de tecnologia foi sensacional, e mostrou um pouco o tom que as empresas precisam começar a dar, e a seriedade que esses temas precisam ter. No evento foram citadas algumas empresas que o core business era alguma API de automatização transacional, e essas empresas hoje valem mais do que grandes bancos e afins. Isso mostra muito o valor da tecnologia e como ela “veio para ficar”. Parece óbvio, mas vale repetir antes de entrar no próximo evento.

Já no Google Marketing Live, na sede em Palo Alto, me deparei com uma grade de temas que basicamente falavam sobre: Automação, Segurança de dados e GA4. Achei muito interessante, novamente, é um evento majoritariamente para o público de mídia, executivos, e lá se falava sobre algoritmos, machine learning, a máquina executando trabalhos que antes eram responsabilidades humanas, e eu achei isso sensacional.

Existe aquele famoso ditado, ‘uma andorinha não faz verão’, e é por isso que eu acredito que estamos entrando em uma nova era, pois temos um bando de andorinhas, como Google, Facebook e Amazon, criando um novo verão, onde mesmo em fóruns de executivos, começaram bater na tecla de que as coisas estão mudando, e que está tudo bem quanto a isso. Não é que as pessoas vão perder seus empregos, mas sim o mercado vai precisar delas para outras coisas, e é ai que quero citar exemplos relacionados ao que a turma fala aqui: Analytics, tags e afins.

Captura de Tela 2022-06-13 às 08.34.37.png

Quando falamos de Google Ads, lembro 12 anos atrás, que ao subir uma campanha, os analistas precisavam dedicar horas de otimização, negativação de palavras e afins, e hoje, o bid manager consegue tomar decisões muito mais precisas, mas para isso, precisamos que o algoritmo seja ensinado da maneira correta, dando insumos para ele tomar decisões, fazendo toda parte de implementação de tags da maneira correta, e tendo um senso crítico de quais ensinamentos de negócio queremos passar de informações para esses algoritmos, fazendo com que ele tenha diversas variáveis para tomar decisões cada vez mais precisas. Chegamos em um momento que o valor será ensinar a máquina, e para isso, precisamos entender o mínimo de como a tecnologia se comporta.

No dia a dia, o Analytics será cada vez mais importante. Não existe trabalhar com mídia e não entender de Analytics, regras básicas de atribuição, como as métricas e dimensões se relacionam e seus escopos, não temos mais espaço para isso, pois é através dele que vamos poder avaliar o desempenho desses nossos “novos analistas”, que são os algoritmos, e vamos conseguir corrigir ou replicar rotas em tempo hábil.

Por ultimo, essas mudanças devem refletir diretamente no quesito segurança, pois todas essas fontes de informações, para serem consumidas, precisarão ter um nível específico de confidencialidade, opt-ins, criptografia, e esse tipo de tema se tornará mais comum no dia a dia, chegando num ponto que todos os profissionais que atuam nessa área saibam minimamente sobre LGPD, outro tema importante ao longo dos próximos anos e que aconselho todo mundo saber pelo menos um pouquinho sobre.

Só queria fechar dizendo que desde que iniciei a minha carreira, que foi em Web Analytics, existiram dois lugares que independente da senioridade, eu consumia conteúdo: Think With Google e Métricas Boss. Esse mês fui convidado para escrever aos dois blogs, e isso me deu uma sensação de dever cumprido, agradeço muito ao meu amigo Gustavo, que faz tanto pela comunidade, e também a todos que leram o texto e chegaram até aqui.

10 AULAS GRATUITAS SOBRE WEB ANALYTICS
Comece a aprender hoje mesmo! 100% online e sem custo!

Métricas Boss: © 2021 - Versão 4.0 - Web Analytics é mais que um gráfico bonitinho!